O TEATRO DE AMADORES DE PERNAMBUCO foi aclamado pela crítica teatral no:
Rio de Janeiro, no Teatro Dulcina

" HONRA PERNAMBUCO E HONRA O BRASL".
Pascoal Carlos Magno ( Correio da Manhã )

"Lorca: o teu teatro foi representado no Brasil tão bem quanto teria sido na própria Espanha !"
Austragésilo de Ataíde ( Diário da Noite )

"Tão bom quanto os melhores que possuímos de profissionais"
Mario Nenes ( Jornal do Brasil )

"Vão fazer teatro bem, assim, no inferno !"
Pedro Bloch

" Criticar ? Criticar o que ?
Guilherme Guimarães ( A vanguarda )

"O Teatro de Amadores de Pernambuco é um conjunto perfeito"
Pereira da Silva ( Última hora )

"Pernambuco mandou os Ademires do seu Teatro"
Joto Efege ( Jornal dos Sports )

"Atingiu alto nível de plena consciência teatral"
Aldo Calvet ( Folha Carioca )

"Depois de assistir ao T.A .P. é que verdadeiramente comecei
a ter fé nos altos destinos do teatro no Brasil"
Accioly Netto ( O Cruzeiro )

"Vitória magnífica do teatro brasileiro"
Osório Borba ( Diário de Notícias )

"O melhor grupo de amadores até hoje formado no Brasil"
João Condé ( Jornal de Letras )

"Os rapazes e as moças do Recife estão habilitados
a dar lição de teatro ao Brasil"
Oswald de Andrade ( Correio da Manhã )

"Quem não viu o T. A . P. começou mal o ano"
C. Silveira (Noite Ilustrada)

"Os amadores de Pernambuco trabalham dentro de um padrão
que se pode considerar perfeito."
Lúcio Fiúza, em O Dia.

"Que belo desempenho! Os amadores nordestinos estão
de parabéns e merecem todo o estímulo e todo
o aplauso de nossa platéia."
Astério de Campos, na Gazeta de Notícias.

"Os amadores podem ser comparados aos nossos melhores conjuntos: teoricamente pela esclarecida orientação que adotaram no momento mesmo de nascer e que sustentam com firmeza."
Renato Viana de Melo, em O Jornal.

"O elenco de Amadores de Pernambuco, que mais uma vez presenteia a Capital Federal com brilhantíssimas récitas, supera muitas obras de profissionais que temos visto no gênero."
Luciano Bastos, no O mundo Português.

DA CRÍTICA CARIOCA

<< Voltar