<< Anteiror Início Próximo >>




Espaço reservado
a sua fotografia

EMMET LAVERY



Emmet Lavary, dramaturgo Americano, estudou em Colégio Jesuíta, onde aprendeu, não somente o latim e a história, como também o amar e a admirar os seus educadores. Não esqueceu as lições de disciplina e de vontade de seus mestres, dos discípulos de Santo Inácio de Loiola, que

desempenham, na América do Norte, um papel discreto mas eficaz. Daí sua admiração à instituição e seu enraizado espírito religioso. Fez jornalismo, ao deixar os estudos, seguindo a mesma profissão do pai, diretor de um jornal da cidade. Durante muitos anos foi repórter, até que se dedicou à dramaturgia. Suas obras, refletem todo o espírito nostálgico que carrega consigo, desde os tempos universitários. Sua maior obra "A primeira legião" é uma homenagem aos seus professores, e procura retratar os seus educadores Jesuítas, como forma de retribuir todos os ensinamentos recebidos daquela instituição. Foi encenada nos dois teatros parisienses - o Theatre des Mathurins e o Vienense Colombier e serviu à estréia de uma Companhia Francesa, no Teatro Municipal, do Rio de Janeiro, no ano de 1940, registrando grande sucesso.

De sua autoria, o Teatro de Amadores de Pernambuco encenou "A PRIMEIRA LEGIÃO", com tradução de Valdemar de Oliveira, tendo como diretor Jorge Kossowski, contratado pelo TAP, no ano de 1952. Sua estréia se deu no dia 27 de novembro do mesmo ano e foi representada no Teatro de Santa Isabel.