A maior revelação jovem do Teatro de Amadores de Pernambuco. Filho de Alfredo de Oliveira, e sobrinho de Valdemar de Oliveira, iniciou suas atividades artísticas na peça "Um sábado em 30" ainda menino. Aos 14 anos Valdemar de Oliveira, entregou um espetáculo infantil para sua direção. Não se arrependeu Valdemar de Oliveira e não parou mais Adhelmarzinho como era conhecido entre seus familiares. Passou a estudar profundamente Teatro, indo para o Rio de Janeiro, onde se formou em artes cênicas, passando a atuar na vida artística Nacional com o nome artístico de Pedro Oliveira, com passagens pela televisão brasileira, e , principalmente como professor na área de Teatro Infantil.

Com sua direção o Teatro de Amadores de Pernambuco levou à cena:

"A REVOLTA DOS BRINQUEDOS",
de Pernambuco de Oliveira e Pedro Veiga, que subiu à cena no dia 7 de dezembro de 1975, no "Nosso Teatro" hoje Teatro Valdemar de Oliveira.
"OS SALTIMBANCOS",
de Sérgio Bardotti e Luiz Enriquez, tradução e adaptação de Chico Buarque de Holanda, subiu à cena no Teatro Valdemar de Oliveira, no dia 22 de julho de 1978, tendo com assistentes de Direção Patrícia Mendes e Cristiana de Oliveira, na Coordenação Geral Betty de Oliveira e na Supervisão Geral Reinaldo de Oliveira. Um dos mais belos espetáculos infantis que o Recife conheceu até aquela data.
"SE CHOVESSE VOCÊS ESTRAGAVAM TODOS",
de Clovis Levi e Tânia Pacheco, foi representada pela primeira vez no Teatro Valdemar de Oliveira no dia 2 de maio de 1983, tendo como assistente de direção Liliana Magalhães.


Adhelmar de Oliveira Sobrinho

<< Anteiror Início Próximo >>

Se Chovesse Vocês Estragavam Todos

A Revolta dos Brinquedos