"Adoro arrancar da frieza de um livro, como se fora um bloco amorfo de granito, uma peça. Imaginá-la e senti-la bem, construir os cenários, guarda-roupas, distribuir papeis, ensaiá-las, vivê-los e levá-la à cena. É uma emoção extraordinária.". Assim é Valdemar de Oliveira, uma espécie de "escultor que anima a vida e constrói na ribalta o monumento grandioso de uma obra morta na impassividade das folhas que se fecharam. Pintor soberbo que na aquarela das palavras e no pincel da alocução, variando o timbre como que para impregnar a tela dos matizes mais encantadores, erige em nosso pensamento os quadros mais admiráveis!" Assim procurou definir Valdemar de Oliveira diretor, no Jornal A TARDE da Bahia o escritor Antônio Carlos Barbosa.
É um pouco do que ele fez como diretor de cena.


No Teatro de Amadores de Pernambuco foi tudo. Tudo no mais rigoroso sentido da palavra. Foi seu idealizador, seu fundador, seu diretor Geral, seu administrador, seu conservador, seu ensaiador, seu iluminador, seu divulgador, seu providenciador, seu relações públicas, seu defensor, seu conselheiro, seu construtor, seu protetor, seu pensador, seu tudo. Basta pensar que, das 84 peças encenadas nos 36 anos de vida do TAP, enquanto esteve entre nós, ele foi seu ensaiador em 49 delas o que significa dizer que 59 por cento das peças foram por ele dirigidas, numa média de uma e meia peça por ano. Já pensaram nisso? E as outras foram convidados seus, com providencias, contato, cartas, telefonemas e o bater do martelo para sua satisfação. Por isso ele foi o tudo do TAP, sem substituto. E o que hoje ainda se faz é pensando nele.

Fernando de Oliveira

Com sua direção o Teatro de Amadores de Pernambuco levou à cena:

Knock ou O triunfo da Medicina - 1941
Primerose - 1941
O processo de Mary Dugan -1941
Uma mulher sem importância - 1941
Por causa de você - 1941
Alto Mar - 1942
Canção da Felicidade - 1942
A exilada - 1942
Oriente e Ocidente - 1943
A evasão - 1943
O instinto - 1943
O leque de Lady Windermere Capricho -1945
Interior - 1945
A gota d'água - 1945
O homem que não viveu - 1945
A dama da madrugada - 1945
Um dia de Outubro - 1946
Ultima edição do Diabo - 1946
Tinha de acontecer - 1947
A casa de Bernarda Alba - 1948
Um Século de Glória - 1950
Arsênico e Alfazema - 1950
Sangue Velho - 1952
Está lá fora um inspetor - 1953
O que leva as bofetadas - 1954
Ana Christie - 1955
Os filhos de Eduardo - 1956
A eterna anedota - 1957
Panorama visto da ponte - 1959
O tempo e os Conways - 1960
Um sábado em 30 - 1963
A Capital Federal - 1965
O terrível Capitão do Mato - 1965
O estranho cliente de uma noite - 1965
T.A.P. ano 25 - 1966
Uma Pedra no sapato - 1967
Oito mulheres - 1968
A Casta Suzana - 1970
O processo de Jesus - 1971
O caso dos 10 negrinhos - 1971
Ontem, hoje e amanhã - 1972
Bombonzinho - 1972
Inês de Castro - 1972
Com Walter de Oliveira
A afilhada de Nossa Senhora da Conceição - 1973
Terra Adorada - 1974
Mundo Submerso em luz e som - 1975
Entremez do Mancebo que casou com mulher braba - 1975
O milagre de Annie Sullivan - 1975

Valdemar de Oliveira

<< Anteiror Início Próximo >>

Um Sábado em 30

Arsênico e Alfazema

Capital Federal

O Milagre de Annie Sullivan

A Casa de Bernarda Alba

Um Século de Glória