<<anterior início próxima>>
Mais uma vez o Teatro de Amadores de Pernambuco apresenta um espetáculo envolvendo três originais. Da primeira vez (1945) levou à cena "Gota d´água", "Interior" e "Capricho". Desta vez, aproveitando ainda a presença entre nós, do seu contratado Adacto Filho, o Teatro de Amadores de Pernambuco, em apenas 6 dias de ensaio, oferece, pela primeira vez, ao seu público, peças de Pirandello. Assim se pronunciou Hermilo Borba Filho: "Além de muitas coisas que devemos ao Teatro de Amadores poderemos acrescentar mais esta: a de haver apresentado, pela primeira vez, no Recife, um autor da envergadura de Pirandello, verdadeiro revolucionário do Teatro moderno." A primeira delas " Um homem da flor na boca" relata um drama de um homem que trás no rosto uma mancha que carrega por toda a vida.

ELENCO:


Alderico Costa O homem
Dédrano Lima O freguês pacífico

FICHA TÉCNICA:

Ponto: Abelardo Cavalcanti
Contra regra: Francisco Miranda
Produção: Teatro de Amadores de Pernambuco

Nota: As peças "O homem da flor na boca",
"O azarento" e "As laranjas da Sicília",
foram levadas em um único espetáculo.

Tradutor: Adacto Filho
Direção: Adacto Filho
Estréia: 26 de Maio de 1948
Local: Teatro Santa Isabel
O Homem da Flor da Boca
De: Luigi Pirandello