<<anterior início próxima>>
Continuando com o espetáculo que envolveu 3 peças de Pirandello " O azarento" se constituiu numa das melhores, merecendo críticas favoráveis e algumas observações, quanto a certos tipos e inflexões, permitidas pelo diretor, no que concerne o tom recitativo que alguns atores imprimiram nos seu personagens. A peça procura levar ao espectador a história de um homem que vive a espalhar a ruína e a morte.

ELENCO:


Adhelmar de Oliveira Dr. Andréa
Mário Barros Maruanca
Otávio da Rosa Borges 1º juiz
Dédrano Lima 2º juiz
Valdemar de Oliveira 3º juiz
Maria de Lourdes Reynaldo Rosinela
Walter de Oliveira Chiarchiaro

FICHA TÉCNICA:

Ponto: Abelardo Cavalcanti
Contra regra: Francisco Miranda
Produção: Teatro de Amadores de Pernambuco

Nota: As peças "O homem da flor na boca",
"O azarento" e "As laranjas da Sicília",
foram levadas em um único espetáculo.

Tradutor: Adacto Filho
Direção: Adacto Filho
Estréia: 26 de Maio de 1948
Local: Teatro Santa Isabel
Walter de Oliveira
Mário Barros
Otavio, Adhelmar, Valdemar e
Dédrano
Os irmãos: Walter e Adhelmar
O Azarento
De: Luigi Pirandello