<<anterior início próxima>>
Das três peças a mais singela. Conta a história de um amor. Um rapaz, totalmente apaixonado, por uma bela cantora, no auge de sua carreira, descobre que seu comportamento não era digno, nem sequer de receber as laranjas da Sicília que ele havia enviado.

ELENCO:


Alfredo de Oliveira Fernando
Valdemar de Oliveira Mingote
Bebé Fernandes Salazar Dorina
Diná de Oliveira Marta
Maria do Carmo Carvalho* Terezinha
Walter de Oliveira  
Otávio da Rosa Borges  
Geninha Rosa Broges  
Hercy de Oliveira  
Francisca de Oliveira  
Maria de Lourdes Reynaldo  
* Estreando no Teatro de Amadores de Pernambuco

FICHA TÉCNICA:

Ponto: Abelardo Cavalcanti
Contra regra: Francisco Miranda
Produção: Teatro de Amadores de Pernambuco

Nota: As peças "O homem da flor na boca",
"O azarento" e "As laranjas da Sicília",
foram levadas em um único espetáculo.

Valdemar de Oliveira, procurando expressar o enorme aproveitamento que o elenco e principalmente ele próprio assimilara, durante os 3 meses que Adacto Filho passou entre nós, tece considerações acerca do que ele considerou, como verdadeiras lições, esse período em que o Teatro de Amadores viveu com a presença, no Recife, desse bom homem de teatro que foi Adacto Filho. Aqui encenou 5 peças com o TAP e deixou marca também no Teatro Universitário de Pernambuco encenando "Férias de Apolo", de Jean Berthet. Faz considerações em artigo pelo Jornal com referencia a sua atuação, como diretor da peça Planície: " sua atuação em Planície foi além da expectativa, porque, mais afeito, ao que se dizia no Rio ,às peças de fantasia, leves ingênuas, poéticas, ele revelou uma forte capacidade dramática e um conhecimento profundo das paixões.

Em sua volta o Rio de Janeiro assim se expressou Adacto Filho. "O Teatro de Amadores de Pernambuco é uma esplendida realidade e não minto dizendo que possui um elenco dos mais experimentados atores e atrizes que tenho visto...Os resultados obtidos foram os mais satisfatórios e sou muito grato à platéia de Recife, pela boa vontade com que me acolheu".

Tradutor: Adacto Filho
Direção: Adacto Filho
Estréia: 26 de Maio de 1948
Local: Teatro Santa Isabel
Otávio e Geninha
Valdemar, Diná e Maria Carmo Carvalho
Walter, Alfredo, Valdemar e
Bebe Salazar
Parte do elenco
As Laranjas da Sicília
De: Luigi Pirandello