<<anterior início próxima>>

UM COMENTÁRIO IMPORTANTE: "Ao fim de 23 anos de existência ininterrupta, após haver enfrentado graves responsabilidades artísticas ao encenar grandes obras do repertório universal, o TEATRO DE AMADORES DE PERNAMBUCO monta e representa, pela primeira vez, uma obra de Shakespeare, ao ensejo da passagem do 4* centenário do seu nascimento, data a que não devia ficar indiferente. Constitui esse fato uma pública demonstração do respeito, quase temor, que sempre lhe inspirou Shakespeare, pela altitude incomparável do seu gênio dramático e pelas inúmeras dificuldades de montagem de suas obras" Valdemar de Oliveira no programa.

ELENCO:
( Pela ordem de entrada em cena.)

Vicentina Freitas do Amaral

 1* bruxa

 Leda Sodre       

 2* bruxa

Carmélio Coutinho   

 3* bruxa

Valdemar de Oliveira          

 Ducan, Rei da Escócia

Reinaldo de Oliveira  

 Filho de Ducan

Manoel Almeida                  

 Linnox Nobre Escossês

Guido de Souza

 Ross, Nobre Escossês        

Adhelmar de Oliveira          

 Macbeth

Antônio Enéas

 Angus

Romildo Halliday      

 Banquo

Luisalpes Barreto      

 Fleâncio

Diná de Oliveira       

 Lady Macbeth

Pedro de Souza  

 Mensageiro

Germano Haiut        

 Macduff

Antônio Brito         

 Porteiro

João Batista de Queiroz

 1* Assassino

Heraldo Oliveira

 2* Assassino

Norma Almeida ( Rainha das bruxas )

 Hécate

Herci Lapa de Oliveira

 Lady Macduff

Sulamita Lira Santos     

 Filho de Macduff

Esmeraldino Oliveira   

 Médico

Clandira Holliday   

 Dama de Companhia

Oscar de Souza   

 Seyton

Adauto Lira           

Saldado

Emídio Pereira             

Soldado

Sebastião Rodrigues      

 Soldado

Sirley Neves     

 Soldado

Antônio Lira         

 Soldado

Francisco Assis Campos  

 Soldado

Luis Felix Santana

 Soldado

José Mário Barros    

 Soldado

Heraldo Freitas      

 Soldado

Antônio Gomes       

 Soldado



FICHA TÉCNICA

Cenário: - Miltom Baccarelli
Figurinos:
- Victor Moreira
Música:
- Nelson Ferreira
Contra regra:
- Cremilda Ebla e Cícero do Nascimento Maquinistas: - Alceu Domingues Esteves - Aluísio de Santana - Jair Miranda
Adereços:
- Alceu Domingues Esteves - Aluísio de Santana - Jair Miranda
Eletricistas:
- Aníbal Mota e Erivaldo Mota
Luz e som:
- Reinaldo de Oliveira Ciro Tavares
Direção dos serviços de Costura:
- Herci Lapa de Oliveira Máscaras: - Beatriz Ferreira
Calçados:
- Ana Campos Lima

Comemoração do 4* Centenário de nascimento do autor, promovido pela Secretaria de Educação e Cultura do Município do Recife. Benefício das obras de recuperação dos Hospitais do Recife.

Recebeu inúmeras colaborações para realização do espetáculo: Conselho Britânico, Consulado da Grã-Bretanha,

Comando da Polícia Militar, Coronel Sílvio Cahú, Major Serrano, Capitão Maranhão, Casa Viana Leal, Pedrosa da Fonseca,

Cotonifício Othon Bezerra de Melo, Armazem Triunfo, Companhia Fabrica Yolanda, Cotonifício Beberibe, Luiz Bezerra de Melo,

Wilson Campos, Joel de Queiroz, Marcelo Carneiro Leão, Industrias Metalúrgicas Lucena, Manuel de Barros,

Clube Pitombeiras de Olinda, Universidade do Recife, Fabrica de Discos Rozemblit e muito outros.

Pré estréia no salão Nobre do Teatro de Santa Isabel uma exposição sobre Shakespeare, pelo Consulado Britânico e outras dos figurinos de Victor Moreira.

Não deixa de se constituir um espetáculo à parte o Julgamento de Macbeth no Teatro de Santa Isabel com a presença de toda a sociedade do Recife além de inúmeras autoridades.

Produção : - Teatro de Amadores de Pernambuco

 

Tradução: Manoel Bandeira Adaptação: Zbigniv Ziembinski Direção: Milton Baccarelli
Estréia:
10 de Julho de 1964
Local:
Teatro de Santa Isabel

MACBETH
De: William Shakespeare