<<anterior início próxima>>


ELENCO:
(todo de estreante)

Edna Fernandes * Zulmira
Genivaldo Rosa * Tuninho
Valdi Coutinho * Timbira
Ricardo Vautier * Pimentel
Cida Corrêa * Madame Crisálida
Maria Paula * Mãe
Antônio Fernandes * Oromar
Ciro Filho * Parceiro
Edmar Silveira * Parceiro
Rubens Reis * 1º Funcionário
Fernando Antônio * 2º Funcionário
Carlos Macedo * Dr. Borburema
Marcelo Malta * Criado
Vinícius Rodrigues* Transeunte

Em nota, dando boas vindas aos novos elementos do TAP, e que faz parte do programa distribuído consta o nome de Iracles Pires. Ocorre que no elenco da peça, no mesmo programa não consta como elemento participante.

Fazendo parte do programa, interessante nota do Diretor Walter de Oliveira, acerca da peça e de sua montagem que merece aqui ser transcrita:
"Trabalhar Nelson Rodrigues é um privilégio. É preciso, apenas, entende-lo, dentro de suas concepções. Em suas peças, porta-se como cuidadoso "cirurgião" - trazendo à luz meridiana problemas sociais que vivificam a nossa vida quotidiana.
Nelson Rodrigues não se interessa em recomendar soluções para os problemas - pois elas cabem às autoridades e à própria sociedade - mas com argúcia incomum trás ao nosso conhecimento fatos até então desconhecidos ou encobertos pela própria comunidade, não se atemorizando em atacar problemas até então inatacados. Suas produções sempre causaram polêmicas, mas em todas elas se reconhece e se destaca o mestre do diálogo vivo e limpo, isento de pornografias - tão em voga hoje nos escritores que fazem teatro nacional.
" A falecida" aí está em cuidadosa montagem. Os participantes deste espetáculo são pessoas das mais variadas categorias que, espontaneamente, se submeteram aos testes promovidos pelo TAP, pisando o palco no NOSSO TEATRO pela primeira vez. Despiram-se de suas personalidades e se encarnaram nos variados tipos criados por Nelson Rodrigues.
Apresentar-lhe "A falecida" não foi tarefa fácil, mas foi apaixonante. Para o novo elenco do TAP - totalmente estreante - elenco que deu tudo de si, não solicito condescendências, nem desculpa. Sei que a perfeição é quase impossível, mas, desejo que seja julgado com respeito e dignidade. É um direito que não lhe pode ser negado, pela coragem em vencer texto tão difícil, encarnando os diversos personagens que emolduram a tregédia-carioca de Nelson Rodrigues.
Para os novos elemento do TAP, as minhas primeira palmas e o meu melhor muito obrigado."
Walter de Oliveira - Diretor


FICHA TÉCNICA

Cenário: - Walter de Oliveira
Luz e som: - Walter de Oliveira
Contra regra: - Edmar Silveira
Maquinista: - Wilson Claudino Barros
Maquilagem: - João Batista
Projeção: - Hilário Marcelino
Eletricista: - Antônio José Gomes


Direção: - Walter de Oliveira
Estréia: - 14 de Junho de 1973
Local: - Nossa Teatro

A Falecida
De: Nelson Rodrigues