A data do dia 2 de maio tem grande significado para o Teatro de Amadores de Pernambuco. È a data do nascimento de Valdemar de Oliveira, criador, fundador e alma do TAP. Neste ano de 2001 esta data completa o centenário de seu nascimento. Nenhuma outra homenagem poderia ser maior do que o lançamento oficial da Home Page do TAP, a nossa www.tap.org.br. Para tal foi elaborado um espetáculo onde o público tomaria conhecimento dos assuntos abordados no site, através de gigantesco telão, ao mesmo tempo em que, ao vivo, os grandes momentos do TAP eram levados à cena. Demos a ele o nome de VALDEMAR VIVO. Vivo porque assim todos os que fazem o Teatro de Amadores de Pernambuco o consideram. Para dar maior emoção ao público os atores mantiveram curiosa e interessante "conversa" com Valdemar de Oliveira e sua Diná de Oliveira, com a utilização de um depoimento dado pelos mesmos ao Museu da Imagem e do Som da Prefeitura do Recife, onde Valdemar durante 2 horas é sabatinado por diversos interlocutores. Essa mistura de cenas ao vivo, telão exibindo páginas do site e a "conversa" com o próprio Valdemar, mantiveram o publico, que superlotou o Teatro Valdemar de Oliveira, durante mais de 2 horas e meia em constante atenção, pelo significado de todo o desenrolar da ação e pelo enorme interesse que o espetáculo ofereceu.


Apresentação de:

Aldemar Paiva
Fernando de Oliveira
José Maria Marques
Reinaldo de Oliveira
Renata Phaelante
Renato Phaelante


CENAS e ELENCO:

"TERRA @DORADA"
De Valdemar de Oliveira
Adaptação de Fernando de Oliveira
Direção Cênica: Ricardo Mourão


Cláudio Vasconcelos
Eduardo Japiassú
Fernando Henrique Carvalho
Leonardo de Oliveira Santos
Luiza Phebo
Manuela Callou
Vanessa Alves

"OS DISPARATES"
Da coletânea de Valdemar de Oliveira

Reinaldo de Oliveira
Aldemar Paiva

"UM SÁBADO EM 30"
De Luiz Marinho

Clenira Bezerra de Melo
Dinazinha de Oliveira
Dulcinéa de Oliveira
Ivanildo Silva
Norma Correia de Almeida
Reinaldo de Oliveira
Vanda Phaelante
Zeza de Paula

"YERMA"
De Garcia Lorca

Geninha da Rosa Borges

"VOCÊ PODE SER UM ASSASSINO"
De Alfonso Paso

Dulcinéa de Oliveira
Reinaldo de Oliveira

"A ESTRADA"
De Luiz Marinho

Renato Phaelante
Vanda Phaelante

"MASSACRE"
De Emmanuel Robles

Eduardo Japiassú
Everaldo Rodrigues
Geninha da Rosa Borges
Sybelle Boise

"BOB BOBETE"
De Valdemar de Oliveira
Adaptação de Fernando de Oliveira

Andre Ricardo
Clenira Bezerra de Melo
Elaine Kaufman
Luciana Lyra
Reinaldo de Oliveira
Ricardo Mourão



PARTICIPAÇÃO ESPECIAL:

Claudionor Germano
Fernando Azevedo
Luciana de Oliveira Monteiro da Cruz

Contra-regra:
Roberta Paes Barreto

Técnico de Som:
Armando Ferreira
Luciana de Oliveira Monteiro da Cruz

Controle de projeção e de computação:
Sinésios Júnior

Homenagens especiais a:
Daniel Reis
Clistenes Leão
Hotlink
Construtora Queiroz Galvão - Dr Antônio Queiroz Galvão
Via Sul - Dr. Paulo Fernando de Figueiredo
Hope - Hospital - Dr. Marcelo Ventura
e Fundação Gilberto Freyre

Direção e Comcepção Cênica:
Fernando de Oliveira / Reinaldo de Oliveira / José Maria Marques
Direção Musical:
Maestro Clovis Pereira
Estréia:
18 de agosto de 2000
Local: Teatro Valdemar de Oliveira
Valdemar Vivo
De: Fernando de Oliveira

<<anterior início